Categories:

Fui diagnosticada com a covid-19 quando estava no fim do sexto mês de gestação do meu segundo filho, Benjamim. Eu não saía de casa, só ia para o meu pré-natal no posto e voltava. Mas mantinha contato com a minha mãe e ela dizia que estava gripada, então devo ter pegado dela. Mas acho que quando a gente tem que pegar, pega, não é? Não me assustei, nem temi.

Meus sintomas não foram leves, nem graves: tive dor nas pernas, cansaço e uma tosse. Mas como não melhorava e podia ter algum risco para o bebê, fui internada.

Clique para ver a matéria completa em Universa – Uol.

Tags: